Gates e Lou ensinam as 11 regras de Bill e O potencial de doação de Lou

bill-gates-office1

Bill Gates

11 regras para ser Bill Gates
Bill Gates foi convidado por uma escola secundária para uma palestra. Chegou de helicóptero, tirou o papel do bolso onde havia escrito onze itens. Leu tudo em menos de 5 minutos, foi aplaudido por mais de 10 minutos sem parar, agradeceu e foi embora em seu helicóptero.

Mas deixou os conselhos mais úteis que os kidadults de hoje poderiam receber.

Regra 1
A vida não é fácil: – acostume-se com isso.

Regra 2
O mundo não está preocupado com a sua auto-estima. O mundo espera que você faça alguma coisa útil por ele ANTES de sentir-se Buy Bactrim Online Pharmacy No Prescription Needed bem com você mesmo.

Regra 3
Você não ganhará R$ 20.000 por mês assim que sair da escola. Você não será vice-presidente de uma empresa com carro e telefone à disposição antes que você tenha conseguido comprar seu próprio carro e telefone.

Regra 4
Se você acha seu professor rude, espere até ter um Chefe. Ele não terá pena de você.

Regra 5
Vender jornal velho ou trabalhar durante as férias não está abaixo da sua posição social. Seus avós têm uma palavra diferente para isso: eles chamam de oportunidade.

Regra 6
Se você fracassar, não é culpa de seus pais. Então não lamente seus erros, aprenda com eles.

Regra 7
Antes de você nascer, seus pais não eram tão críticos como agora. Eles só ficaram assim por pagar as suas contas, lavar suas roupas e ouvir você dizer que eles são “ridículos”. Então antes de salvar o planeta para a próxima geração querendo consertar os erros da geração dos seus pais, tente limpar seu próprio quarto.

Regra 8
Sua escola pode ter eliminado a distinção entre vencedores e perdedores, mas a vida não é assim. Em algumas escolas você não repete mais de ano e tem quantas chances precisar até acertar. Isto não se parece com absolutamente NADA na vida real. Se pisar na bola, está despedido… RUA !!!!! Faça certo da primeira vez!

Regra 9
A vida não é dividida em semestres. Você não terá sempre os verões livres e é pouco provável que outros empregados o ajudem a cumprir suas tarefas no fim de cada período.

Regra 10
Televisão NÃO é vida real. Na vida real, as pessoas têm que deixar o barzinho ou a boite e ir trabalhar.

Regra 11
Seja legal com os CDFs (aqueles estudantes que os demais julgam que são uns babacas). Existe uma grande probabilidade de você vir a trabalhar PARA um deles.

Captação de Recursos e o Potencial de Doação

Chegou a hora de começar a trabalhar. Aqui não é diferente.

Quando se monta uma campanha, há uma série de regras a cumprir. Uma delas diz respeito ao público alvo. Precisamos conhecer nossos futuros sustentadores e, principalmente, qual o potencial de doação desse segmento.

Muitas campanhas vão por água abaixo por não observarem essa regra.

Caso deseje saber mais, entre em contato comigo. O Bill não sabe nada sobre isso.

Author: Lou H. Mello

Olha só, pessoal assíduo no meu blog profissional já está careca de saber quais são as minhas graduações e tentativas de pós, etc. Pessoalmente, dou pouco valor a tudo isso. É mais um mercado, apenas, onde as universidades acreditam ter o monopólio dos diplomas. Ledo engano. A ajuda é sempre muito relativa. Estudei a Bíblia e ainda o faço, dei aulas em várias escolas teológicas, até o pessoal encerrar minha carreira, nessa área. Acho que não me achavam adequado, sei lá. Legal mesmo, foi viajar por aí a pampa, com destaque à missão para a Albânia, em 1979 e países da África em 1981. Depois disso rodei muito pelos EUA e Europa, mas nada demais nisso. Tenho espírito missionário, acho, mas nos EUA estava mais interessado em fazer um pé de meia. Não deu certo. Mas aprendi muito por lá, onde há muito a aprender.
Atualmente, acalento o Projeto Corações Valentes e tento manter dois ou três clientes, aos quais presto consultoria na área de Desenvolvimento (Comunicação e Captação de Recursos), algo que aprendi com os norte-americanos, campeões nessa área, , sobretudo, com Dr. Dale W. Kietzman, meu mentor em marketing para organizações não lucrativas. Entretanto, e aos poucos, acho que estou de coisa com a mudança comportamental, de tanto buscá-la para mim mesmo. Culpado disso foi o Dr. Zenon Lotufo Jr, que investiu em minha pessoa, muito além do normal. Talvez 2017 me abra algumas portas nessa área,
Esse blog surgiu como a forma ideal para a prática de algo que sempre gostei muito de fazer, ou seja, escrever e me livrar dessa coisa interior que pressiona meu peito e pode me matar. Tenho alguns projetos de livros em andamento, quem sabe ainda edito um ou alguns deles, antes de fazer a travessia.
Gosto de escrever, de música, literatura em geral, educação, astronomia (minha segunda paixão secreta, Ih falei), educação física e, de vez em quando, dou um ou outro pitaco nessas áreas também. Sou o principal leitor de tudo que escrevo. Ter leitores sempre foi algo inimaginável, enfim.

2 thoughts on “Gates e Lou ensinam as 11 regras de Bill e O potencial de doação de Lou

  1. OLÁ.
    GOSTARIA DE SABER MAIORES DETALHES.
    GRATA.
    LUIZA MATTOS

    Luiza
    Se você deseja saber mais sobre o Potencial de Doação, esse tema faz parte do meu curso sobre Desenvolvimento (comunicação e captação de recursos) e está à sua disposição caso deseje organizar um em sua organização, para treinamento de todas as pessoas envolvidas. Antes de qualquer coisa, seria interessante se você me adiantasse algumas informações sobre a ONG ou projeto que você faz parte ou me desse mais detalhes de seu interesse.
    Agradeço seu interesse e contato.
    Lou Mello

  2. OLÁ.
    GOSTARIA DE SABER MAIORES DETALHES.
    GRATA.
    LUIZA MATTOS

    Luiza
    Se você deseja saber mais sobre o Potencial de Doação, esse tema faz parte do meu curso sobre Desenvolvimento (comunicação e captação de recursos) e está à sua disposição caso deseje organizar um em sua organização, para treinamento de todas as pessoas envolvidas. Antes de qualquer coisa, seria interessante se você me adiantasse algumas informações sobre a ONG ou projeto que você faz parte ou me desse mais detalhes de seu interesse.
    Agradeço seu interesse e contato.
    Lou Mello

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *